sexta-feira, 3 de junho de 2016

PREFIRO ERRAR COM A IGREJA .


O que a Santa Madre Igreja afirmar, por intermédio de suas legítimas autoridades é o que crerei. Em todas as aparições reconhecidas, os videntes eram pessoas simplórias, humildes e que evitavam ostentação de suas pretensas virtudes e, acima de tudo: eram dóceis e obedientes à Igreja.
Santa Faustina, em uma aparição, mandou Jesus "ir embora" porque o padre pediu... E Jesus disse que isso teria muito mais merecimento, pela obediência. Ele dispôs as coisas de outro modo, de maneira que o padre acabou por permitir a continuação das conversas.
Se o suposto "vidente" tivesse sido obediente e dócil, eu acreditaria. Contudo, ele não o foi. Os anjos dão os seus nomes... Quem já viu isso? Contraria o ensinamento da Santa Igreja que afirma categoricamente que somente três anjos tem seus nomes conhecidos pela Revelação.
Enfim, Deus que tenha pidedade do "vidente" e de todos nós.

por (paulo) ...





Deixe seu Comentis . sem maldição: